terça-feira, 22 de novembro de 2016

Compreendendo a disgrafia... 



     A disgrafia é uma condição que causa problemas com a expressão escrita. O termo vem das palavras gregas dys ("prejudicada") e grafía ("escrita"). A disgrafia é um problema de origem neurológica. Não é o resultado de uma criança preguiçosa.

     Para muitas crianças com disgrafia, apenas segurar um lápis e organizar as letras em uma linha é super difícil! Sua escrita manual tende a ser confusa. Muitos lutam com a ortografia e para colocar os pensamentos no papel. Essas e outras tarefas de escrita - como organizar, armazenar e depois recuperar da memória - podem ser difíceis.

    Diferentes profissionais podem usar termos diferentes para descrever esta dificuldade com a expressão escrita. O DSM-5 não usa o termo disgrafia, mas usa a expressão como "um prejuízo na expressão escrita" na categoria de "distúrbio específico de aprendizagem". Este é o termo usado pela maioria dos Médicos e Psicólogos.

   Então é importante entender que a escrita lenta ou descuidada não é necessariamente um sinal de que a criança não está tentando o suficiente. A escrita requer um conjunto complexo de habilidades finas de processamento de linguagem e motor. Para as crianças com disgrafia, o processo de escrita é mais difícil e mais lento. Sem ajuda, uma criança com disgrafia pode ter dificuldade na escola. Então fiquem atentos aos sinais da disgrafia e sempre procure orientação caso haja dúvidas.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores