sábado, 29 de outubro de 2016

A importância da consciência fonológica no desenvolvimento da leitura e escrita


     A consciência metalinguística é a capacidade do ser humano de pensar sobre a linguagem de forma consciente, expressando seu pensamento através da própria linguagem. Dentre os componentes da consciência metalinguística encontra-se a consciência fonológica, ou seja, a consciência com relação aos sons que ouvimos e falamos.

     A consciência fonológica possibilita a reflexão sobre os sons da fala, o julgamento e a manipulação da estrutura sonora das palavras. Através de tal consciência identificamos palavras que rimam, começam ou terminam com os mesmos sons e somos capazes de manipular a estrutura sonora para a formação de novas palavras.


Consciência fonológica e alfabetização

     Existem muitas pesquisas que investigam a relação entre consciência fonológica e alfabetização, buscando desvendar como se dá essa relação: a consciência fonológica é causa ou consequência da aquisição da escrita?

     Estudos recentes têm demonstrado que consciência fonológica e alfabetização se desenvolvem através de uma influência recíproca. Ou seja, as crianças antes de estarem alfabetizadas apresentam níveis de consciência fonológica que contribuem para a alfabetização, enquanto a alfabetização contribui para o aprimoramento desses níveis de consciência fonológica.

     No Brasil, estudos evidenciam que o desenvolvimento e o aprimoramento das habilidades em consciência fonológica contribuem para a alfabetização. Crianças que apresentam um bom desempenho em consciência fonológica normalmente apresentarão um bom desempenho em leitura e escrita. Dessa forma, parece que a consciência fonológica pode ser uma ferramenta de auxílio para a alfabetização.

     Os resultados de estudos realizados no Brasil, assim como em outros países, apontam para a importante relação entre consciência fonológica e alfabetização. Crianças em idade pré-escolar já apresentam consciência quanto aos sons da fala e tal consciência auxilia no processo de reconhecimento da relação entre os sons e as letras, processo esse necessário para o início do desenvolvimento das habilidades de leitura e escrita.

     Percebe-se, então, que a consciência fonológica é um componente de extrema importância para a aquisição da leitura e escrita, uma vez que é ela que possibilita a reflexão sobre os sons que devem ser representados graficamente.

Fonte:
Alfabetização: Afinal... o que é que está acontecendo? (Profa. Dr. Gabriela C. M. de Freitas)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores