quarta-feira, 4 de maio de 2016

DIID – O que é e qual a sua importância para o treinamento auditivo?



     
     É muito comum o fonoaudiólogo que realiza treinamento auditivo se deparar com uma assimetria entre as orelhas direita e esquerda nos resultados da avaliação do processamento auditivo. Até os nove anos é comum existir uma diferença entre as orelhas devido a maturação do sistema auditivo nervoso, mas se esta assimetria se mantem após esta idade é necessário orientação e intervenção fonoaudiológica.  No projeto de Doutorado que desenvolvi no Centro de Referência em Neurofibromatoses do HC da UFMG, me deparei muito com casos assim, que tinham repercussões significativas no desenvolvimento de linguagem, aprendizagem e no social. Então nestes casos utilizei uma técnica chamada Dichotic Interaural Intensity Difference (DIID), proposta por Frank Musiek em 2004, na qual se fixa a intensidade da orelha sobre treinamento e varia a intensidade da orelha oposta a fim de estimular a “orelha pior” e alcançar a simetria entre as orelhas. Utilizei esta técnica para o aprimoramento da habilidade de figura-fundo para sons verbais e não verbais.
     Esta técnica é segura e há evidências científicas da sua eficácia! Deixo abaixo a referência bibliográfica para consulta:

       Musiek FE. The DIID: a new treatment for APD. Hear J. 2004;57(7):50.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores